,

Estilista indígena expoente, Day Molina fala sobre representatividade, apropriação cultural e conquistas de novos espaços

by Camila Yahn & Dayana Molina

$0.00

Descendente de uma família indígena do Nordeste, a stylist, estilista e empreendedora Day Molina, 32 anos, tem sido uma voz importante, especialmente no mundo da moda, no combate ao racismo e na conquista de espaço para que mais profissionais indígenas possam surgir e prosperar. Day assina ensaios para veículos como Fashion Revolution, Carta Capital, EOL e Oká Magazine, a primeira revista cultural criada, feita e pensada por indígenas criativos (a próxima edição sai neste mês e tem capa criada por ela). Ela se divide entre sua atuação como stylist e como estilista de sua própria marca, a Nalimo, que lançou há quatro anos e é representante do Fashion Revolution em Niterói.

Day Molina is a fashion stylist and entrepreneur of Indigenous descent. At 32, she is an important voice in the Brazilian fashion world, especially when it comes to fighting against racism and conquering the space for more Indigenous fashion professionals to prosper. Day has written for Fashion Revolution, Carta Capital, EOL, and Oká Magazine, the first cultural magazine created by Indigenous creatives in Brazil. In addition to her work as a fashion stylist, Day designs for her brand, Nalimo, which she founded four years ago.

Obtain this resource »